Edifício ANP-STP Edifício ANP-STP GLOBUS

Galp Energia e a Kosmos Energy garantem apoio técnico para exploração do Bloco 6

Escrito por  Nov. 09, 2015

A Agência Nacional do Petróleo (ANPSTP) formalizou hoje, com o consórcio petrolífero Galp Energia e a Kosmos Energy, a assinatura de três importantes documentos que abrem assim caminho para estudos de impacto ambiental e as actividades de exploração petrolífera no Bloco 6, situado na zona económica exclusiva de São Tomé e Príncipe.

O Director Executivo da Agência Nacional do Petróleo, Orlando Sousa Pontes, na circunstância, ressaltou que o acto é “motivo de muita satisfação”.

“A Agência Nacional do Petróleo, em representação do Estado Santomese, acaba de formalizar a assinatura de três importantes documentos: em primeiro lugar, celebramos o contrato de partilha de produção com a Galp Energia para pesquisa e exploração do petróleo no bloco 6 da Zona Económica Exclusiva de São Tomé e Príncipe. De seguida, autorizamos a cessão de 50% dos interesses participativos da Galp Energia à Kosmos Energy. Em terceiro lugar, assinamos o JOA- Joint Operation Agreement (Acordo de Operação Conjunta). Trata-se de um acordo entre as partes envolvidas no CCP (Contrato de Partilha de Produção) definindo as obrigações e direitos operacionais das partes”—referiu na, circunstância, o Director Executivo da ANPSTO, Orlando Sousa Pontes.

Orlando Sousa Pontes referiu-se ainda que a ANPSTP definiu como linha de orientação a promoção sistemática da Z e a atracção de empresas de reconhecida capacidade técnica e financeira.

A GALP Energia, segundo o responsável da Agência Nacional do Petróleo já cumpriu a sua obrigação, pagando o bonús de assinatura de dois milhões de dólares americanos.

A entrada deste consórcio,  como operador num bloco de águas ultraprofundas e num projecto com grandes desafios tecnológicos pela frente é um marco importante para a Galp ENERGIA.

A petrolífera portuguesa pensa contribuir para o projecto o know-how e a experiência adquiridos pela presença nas maiores descobertas offshore mundiais do petróleo.

A Kosmos Energy, a petrolífera norte-americana que faz parte do consórcio, recorde-se, tem participação nas grandes descobertas do offshore do Gana e opera ainda o bloco onde recentemente foi feita a descoberta Torture, no offshore da Mauritância e Senegal.

É ainda parceira da GALP ENEGIA na bacia do Penishe, em Portugal.

Assistiram ao acto formal, realizado no Hotel Pestana, membros do Governo e do staff do consórcio português-norteamericanos. 

Modificado em segunda, 09 novembro 2015 15:23
rnstp

Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe, Rádio Pública.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Novembro 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30