Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada Primeiro-Ministro, Patrice Trovoada Fonte: Facebook, Patrice Trovoada - São Tomé e Príncipe

Começou em Londres, o "STP IN London 2015". 1ª Conferência Internacional de Investidores e Parceiros de Desenvolvimento de São Tomé e Príncipe

Escrito por  Out. 14, 2015

Esta quarta- feira, 14 de Outubro, São Tomé e Príncipe, começa a escrever em Londres, capital britânica, uma nova página da sua história económica.

 

Com efeito, ao longo da sua curta história económica, o nosso País vai ao longo dos próximos dias, e pela  primeira vez na sua existência, enquanto Nação independente, mobilizar junto  dos  seus principais parceiros  de desenvolvimento, os recursos financeiros tão importantes e necessários para catapultar a nossa economia para outros patamares.

A  escolha  de Londres para acolher pela primeira vez essa magna “conferência  de  doadores” não ocorre por acaso, sendo  a  capital londrina, uma  das mais importantes praças comerciais e financeiras internacionais de que  há  memória, tornar-se-à , quiçá, mais fácil para a equipa técnica nacional dirigida pelo Primeiro-Ministro e Chefe do Governo, Patrice Emery Trovoada, sensibilizar os diversos parceiros de desenvolvimento aí presentes, bem como os potenciais financiadores para as causas nobres do futuro desenvolvimento mediático de São Tomé e Príncipe.

Para se chegar, no entanto, ao ponto em que nos encontramos, importa destacar, não apenas o concurso técnico de consultores contratados para o efeito, senão também fundamentalmente, o prestimoso papel de assessoria desempenhado pela representação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em conceber com a devida qualidade, o conjunto de projectos estruturantes seleccionados para o efeito, para essa consulta técnico - financeira.

Embora não se tenha já vislumbrado o volume do capital necessário, assim como, a sua capacidade de mobilização, e sobretudo de absorção, o Primeiro-Ministro e Chefe do Governo, já havia explicado com maior acuidade, como uma tal questão será solucionada, após o recente périplo efectuado por vários países onde se encontram os potenciais financiadores de projectos estruturantes previamente seleccionados para o conlave  de Londres, justamente, em vésperas  da  aprovação do próximo Orçamento Geral do Estado cuja discussão inicia-se, em principio, em meados  de  2016.

Se tudo se conjugar , conforme deixou a entender o Chefe do Governo Santomense, da nossa capacidade de mobilização financeira junto dos potenciais  financiadores dos projectos já definidos, da sua flexibilidade de adesão aos mesmos, sem deixar de lado, a nossa capacidade interna de absorção dos meios necessários, poder-se-à desde já , divisar num horizonte temporal mediático, o próximo ano, como não ano de arranque económico e de uma certa prosperidade económico-financeira, em direcção a um desenvolvimento harmonioso e sustentável que todos almejamos.

Modificado em domingo, 01 novembro 2015 01:06
rnstp

Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe, Rádio Pública.

Comentários   

-1 #1 inacio silveira 14-10-2015 12:07
parabens e sucesso para o bem estar desta conferencia e do pais e q os seus efeitos positivos sejao usados para o bem estar d todos os pobres santomenses q pela manhã nao sabe o q comer.
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Julho 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31