Malária e o sarampo são as principais causas para o aumento da surdez neuro-sensual em São Tomé e Príncipe. Fonte: static1.squarespace.com

Malária e o sarampo são as principais causas para o aumento da surdez neuro-sensual em São Tomé e Príncipe.

Escrito por  RNSTP Nov. 06, 2015

Um estudo clínico de peritos portugueses indica que a malária e o sarampo são as principais causas para o aumento da surdez neuro-sensual em São Tomé e Príncipe.

 

A equipa clínica, liderada pela médica Cristina Carroça, detectou evidências variadas numa amostra de 316 pessoas, das quais, 136, com ensurdecência.

A rebela “ Sarampo”, por exemplo, é uma doença que passa praticamente despercebida, e a situação ainda é mais complicada na ausência dos meios de diagnósticos para identificar a doença.

O estudo clínico foi feito a pedido das autoridades santomenses ao Instituto Marquês Vale-Flôr, e foi divulgado hoje, no Hospital Dr. Ayres de Menezes.

 

O alto índice de prevalência do “sarampo” em São Tomé e Príncipe, constitui uma preocupação para os especialistas, considerou a médica portuguesa, Cristina Carroça que, no entanto, recomendou a vacina como melhor controlo.

Modificado em sexta, 06 novembro 2015 16:28

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Abril 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30