rnstp rnstp

GOVERNO ASSEGURA A LIGAÇÃO DAS ILHAS COM A AQUISIÇÃO DE NOVOS CATAMARANS E A DEFESA DAS ÁGUAS TERRITORIAIS COM NOVOS BARCOS PATRULHAS‏

Escrito por  rnstp Fev. 01, 2016

Dois, dos cinco barcos adquiridos, recentemente, pelo Governo foram testados durante uma volta à ilha realizada durante todo o período da manhã de ontem.

À bordo, do “CATAMARAN”, com a capacidade para 350 lugares e uma velocidade máxima de 27 nós, estava o Primeiro-Ministro e Chefe do Governo, Patrice Emery Trovoada, e membros do seu elenco governamental bem como outros convidados que durante algumas horas desfrutaram a beleza paisagística da ilha.

O Chefe do Governo já afirmou que este passo é o começo daquilo que pretende para a economia marítima.

Ao justificar a aquisição destes meios, o governante afirmou, pontualizando que “são meios para as Forças Armadas que vêm no meio de um projecto mais amplo para que realmente possamos a ter uma verdadeira política do mar que tem a ver com a defesa e protecção das nossas águas, mas também um conjunto de medidas para que os investidores possam também olhar com garantias os investimentos naquilo que é a economia marítima.

Com esta perspectiva, sublinhou que o seu Executivo pretende dar passos mais largos e quebrar a dependência dos meios de transportes marítimos privados.

“Sabe que nós queremos ir para uma pesca semi-industrial e é preciso que os investidores no sector pesqueiro tenham a garantia de protecção. Nós queremos ir para uma série de actividades sociais ligadas ao Mar e por isso, os meios de protecção são importantes. Depois, nós somos um arquipélago e temos a Região Autonóma do Príncipe e o Estado precisa de ter os meios autonómos para garantir a continuidade territorial e não estar 100% dependente dos meios privados e que muitas vezes não estão disponíveis. Portanto, é um conjunto de medidas, também de investimentos e de parcerias que nos vão permitir definir essa política do Mar. Esse é só um princípio do começo daquilo que nós queremos, mais ambicioso e enfim, digamos que engloba mais outros aspectos ligados à Economia Marítima”, afirmou o Chefe do Executivo, Patrice Emery Trovoado, quando se pronunciava à bordo do CATAMARAN, de dois cascos, com a capacidade para 350 lugares, adquirido recentemente pelo Governo para assegurar as ligações marítimas entre as ilhas de São Tomé e Príncipe.

À título experimental, foi testado, um barco patrulha, um “Speed Boat, com a potência de 600 cavalos e 43 nós de velocidade máxima para assegurar a defesa das águas territoriais nacionais.

A operacionalidade destes barcos estão à cargo do Ministério da Defesa e do Mar. 

Patrice Trovoada, não descartou a problemática de abastecimento de água às populações, particularmente, as do Distrito de Água-Grande, reafirmando que as acções com vista a melhorar as condições de vida dos sãotomense vão continuar.

 

Modificado em segunda, 01 fevereiro 2016 17:46

Comentar


Código de segurança
Atualizar

  1. Popular
  2. Favorito
  3. Comentado

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Abril 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Filtrar por temas