rnstp rnstp rnstp

AUTORIDADES SANITÁRIAS DE STP PROSSEGUEM ESTUDOS PARA DESCOBRIR O AGENTE CAUSADOR DA "CELULITE NECROTIZANTE"

Escrito por  rnstp Mar. 20, 2017

A Directora dos Cuidados de Saúde, Maria Tomé Palmer fez esta segunda-feira, dia 20, o ponto da situação actual sobre a “celulite necrotizante” no País e tranquilizou os sãotomenses que não há motivos para alarmismos “grosseiros”.

 

Numa comunicação à Imprensa, esta responsável, assegurou que estudos estão a ser realizados em laboratórios criados para o efeito, com apoios de especialistas visando descobrir o agente causador da doença.

“Está no nosso país, uma equipa de especialistas para responder a preocupação essencial do Governo. Ou seja, a presença dessa equipa de especialistas no nosso País consiste em estudar os casos da “Celulite Necrotizante” cujo propósito é o de circunscrever o agente causal. Fundamentalmente perceber como a doença se propaga, consequentemente, as medidas de prevenção para a sua não repetição, e recomendar os procedimentos que permitam encontrar, analisar e eliminar as causas potenciais que a possam desencadear” – afirmou

Maria Tomé Palmer justificou que “este estudo é realizado quer em São Tomé, quer na Região Autonóma do Príncipe” acrescentando que “no Hospital Ayres de Menezes estudos estão a ser realizados em laboratórios criados para efeito. Um na vertente da Biologia Molecular e outro na de Microbiologia. Paralelamente, decorrem estudos clínicos, isto é, estudo de casos e estudos epidemiológicos. Todos eles concorrem para a identificação de agentes presentes nas -Celulites Necrotizante- em São Tomé e Príncipe”.

“Entretanto, o Governo de São Tomé e Príncipe gostaria de tranquilizar a todos que não há motivos para alarmismos grosseiros. Os resultados até agora obtidos, tranquiliza-nos na medida em que sugerem estarmos próximos de agente (s) desencadeantes da “celulite necrotizante” em São Tomé e Príncipe” – indica a nota de imprensa do Ministério da Saúde lida pela médica Maria Tomé Palmer resslavando contudo que “ao nível do saber disponível, o facto de não se conhecer qual é o agente causador dessa doença não significa que não se tem conseguido tratá-la. Por exemplo, a Artrite Reumatóide, doença inflamatória crónica, a causas é desconhecida mas, trata-se. Os dados que temos hoje indicam que temos tido sucesso na cura de –Celulite Necrotizante- em São Tomé e Príncipe. Informamos também que o número de novos casos continua a diminuir”.

Concluíu deixando ainda o alerta de que “o Governo não delegou a nenhuma instituição ou pessoa para que em seu nome abra contas, recolha donativos ou outras relacionadas com a situação de -Celulite Necrotizante- em São Tomé e Príncipe. Quer dizer que qualquer informação sobre a -Celulite Necrotizante- em São Tomé e Príncipe proveniente de outras fontes que não seja a do Governo, Ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe não são dignas de registo”.

Modificado em segunda, 20 março 2017 15:04

Comentar


Código de segurança
Atualizar

  1. Popular
  2. Favorito
  3. Comentado

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Julho 2017 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Filtrar por temas