rnstp rnstp rnstp

ASSEMBLEIA-GERAL DA PNASTP APROVA REGULAMENTO INTERNO COMO SEU "INSTRUMENTO-REITOR"

Escrito por  rnstp Mar. 27, 2018

A Parceria Nacional da Água de São Tomé e Príncipe (PNASTP) realizou esta segunda-feira, a sua 3ª Assembleia-Geral Ordinária durante a qual foram aprovados o relatório técnico e financeiro das acções realizadas em 2017, feito o ponto da situação do Programa WACDEP e validada a estratégia desta Ong para o horizonte 2018-2019.

 

No evento que teve lugar no Centro de Formação Profissional Brasil - São Tomé e Príncipe foi ainda aprovado “por aclamação”, O Regulamento Interno da PNASTP que segundo a sua Presidente, Valdemira Tavares, vai servir de instrumento orientador para a o organização.

Ao fazer no entanto, o balanço final, dos trabalhos desta Assembleia-Geral Ordinária, a Presidente da PNASTP, Valdemira Tavares considerou que “a Assembleia correu muito bem. Houve participação activa de todos os parceiros que nos honraram com a sua presença e que participara activamente na discussão do balanço das actividades e das perspectivas para 2018-2019”.

Valdemira Tavares reforçou ainda afirmando que “como o objectivo principal dessa Assembleia era a discussão e aprovação do Regulamento Interno da própria Parceria, tendo em conta que é um instrumento-reitor para o bom funcionamento da Parceria”.

Lígia Barros, Presidente da Parceria Regional da Água para África Central considerou de “produtiva” esta reunião visou debater objectivos e acções reflectidas no quadro da estratégia da GWP-Caf-África Central.

 Segundo Lígia Barros “esta Reunião revelou-se bastante frutuosa tanto do ponto de vista dos assuntos debatidos como também do ponto de vista da qualidade das intervenções que foram feitas durante a mesma”.

“A Parceria Nacional da Água de São Tomé e Príncipe está em processo de reorganização de acordo com as orientações e da nova estratégia da Rede e a vossa presença nesta reunião anual do Órgão Supremo da Organização confirma o interesse de todos os parceiros nesta nova dinâmica, visando a promoção da Gestão dos Recursos Hídricos (GIRH) em São Tomé e Príncipe e na região”- afirmou Lígia Barros.

“Gostaríamos de salientar que à nível da África Central duas parcerias nacionais foram acreditadas pela Global Water Partnership-Mãe sendo a de São Tomé e Príncipe e Camarões” precisou para mais adiante acrescentar que “esperamos que os documentos produzidos e validados por esta Magna Assembleia sejam apropriados por todos e que contribuam positivamente para a materialização de missões e objectivos preconizados pela Parceria e que estão enquadrados com os da parceria Regional da Água”.

De recordar que, a missão da PNASTP, é promover a Gestão Integrada dos Recursos Hídricos em São Tomé e Príncipe, na sub-região e no mundo, reforçar a colaboração entre os parceiros e desenvolver a cooperação com as organizações nacionais e internacionais que tenham missões similares.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

  1. Popular
  2. Favorito
  3. Comentado

Ligue-se a nós

Calendário das Publicações

« Outubro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Filtrar por temas